Nesta quinta, missa homenageia 1 ano da morte de Gino César

0
O 'repórter do Bandeira 2' se despediu de forma definitiva da Rádio Jornal em novembro de 2015. Reprodução | Youtube

Uma das vozes mais marcantes e conhecidas do Estado, o radialista Gino César, 79 anos, e que há mais de 30 anos comandava o programa policial Bandeira 2, na Rádio Jornal será homenageado em missa celebrada nesta quinta-feira (17) pelo primeiro ano de sua morte. Gino sofreu um infarto e morreu após passar mal em casa. A missa será celebrada às 19h, na Igreja de São Sebastião, no bairro da Imbiribeira, Zona Sul do Recife. 

Gino era o radialista que, proporcionalmente, tinha maior audiência do Brasil. A morte dele deixou uma lacuna no jornalismo/radialismo policial não apenas de Pernambuco, mas do Brasil.  Gino nasceu Joaquim José da Silva, em Rio Formoso, na Mata Sul do Estado, e começou a trabalhar no rádio fazendo rádionovela. Acabou migrando para o setor policial após um repórter da madrugada faltar por estar doente. 

Com informações do JC Online 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here