Subiu para 28, o número de mortes durante a operação na comunidade Jacarezinho, ocorrido nesta quinta-feira (06), no Rio de Janeiro. De acordo com a Polícia Civil do Rio de Janeiro, são 27 suspeitos e um policial civil, André Frias, baleado na cabeça por criminosos. Até ontem, foram divulgadas que 25 pessoas foram mortas na comunidade.

Durante o sepultamento do policial,  o secretário de Polícia Civil, Allan Turnowski, afirmou que os 27 mortos eram traficantes. “A inteligência já confirmou todos os mortos como traficantes. 19 com folhas corridas até agora”, disse o secretário. “Não foi em vão, André, não foi em vão”.

O secretário destacou o trabalho da polícia na operação. “Quem conhece um pouquinho de operação, o traficante, o criminoso, quando a gente entra na comunidade ele atira para fugir. Ontem [quinta-feira], eles atiravam para guardar posição, para matar. Eles tinham ordem para confrontar, para ficar. Eles não correram. E o que a polícia civil mostrou ontem foi técnica, foi maturidade, foi profissionalismo, de mostrar à sociedade que aquele traficante que invadiu a casa da moradora ele é inimigo de toda a sociedade”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *